O que é um aplicativo?

capa blog o que é um aplicativo

Que o mundo tecnológico chegou para ficar, não é novidade! Mas, entretanto, é bem fácil se perder em inúmeras nomenclaturas diferentes para quem não é da área. Software, IA, Big Data, Clouds… são vários nomes para gravar e tentar entender do que se trata.

Vamos começar pelo mais simples, digamos assim. Você sabe o que é um aplicativo?

 

via GIPHY

 

O que é?

Os aplicativos são programas de softwares que estão presentes em nossos smartphones e em diversos dispositivos inteligentes, como as smart TV’s. Esses app’s podem ser gratuitos ou pagos e desempenham diversas funções. Alguns já vêm instalados de fábrica enquanto outros podem ser obtidos através das lojas de aplicativos.

Em resumo, um aplicativo é um software que pode ser instalado em algum dispositivo eletrônico para desempenhar tarefas ou auxiliar o usuário. Geralmente, os app’s envolvem processamento de dados.

Existem alguns tipos de app’s, podendo eles serem: nativos, web ou hibrídos.

 

via GIPHY

 

Aplicativos nativos

Os app’s nativos são aqueles que podem trabalhar em modo offline nos dispositivos móveis, como smartphones. Dessa forma, é possível aproveitar todos os recursos desses dispositivos, como a lista de contatos, câmera, GPS e outros.

Essa característica dos aplicativos nativos se dá pois a instalação é feita no interior do dispositivo móvel para que possam ter acesso rápido à todas as funções e recursos disponíveis.

O grande benefício em desenvolver um app nativo é a facilidade na otimização do código, que lida diretamente com as bibliotecas dos sistemas operacionais. Esse formato de app é desenvolvido por meio da utilização dos SDKs e as linguagens nativas de cada uma das plataformas.

O custo para desenvolver um app nativo pode ser um pouco mais elevado do que o desenvolvimento de outros tipos de aplicativos e essa pode ser uma desvantagem dependendo do orçamento disponível.

 

via GIPHY

 

Aplicativo WEB

Os aplicativos WEB não são verdadeiramente um programa, mas, uma página na internet que se comporta como um, já que ele não é capaz de acessar alguns elementos do dispositivo móvel, como um app nativo, por exemplo.

Para acessar um app WEB, os usuários utilizam uma URL específica e instalam o aplicativo na tela principal, criando um atalho até esta página. É necessário apenas um design de aplicativo com uma interface móvel e eles são desenvolvidos em linguagem HTML5, CSS3 e JS.

A vantagem de aplicativos nesse formato, se dá pelo custo baixo para desenvolvimento. Além disso, também não é necessário aprovação para publicar o app em alguma loja de aplicativo, já que o mesmo é publicado online com URL específica de acesso.

 

Aplicativo híbrido

É possível afirmar que um app híbrido é a mistura de um nativo e WEB, pois são desenvolvidos com linguagens e tecnologias WEB mas utilizam frameworks que poderão convertê-lo em um aplicativo que será instalado em um dispositivo móvel, como um nativo.

Alguns frameworks possuem suas próprias bibliotecas e, dessa forma, otimizam a integração dos aplicativos híbridos com as diversas funções disponíveis no dispositivo. Entretanto, uma desvantagem deste formato de aplicativo é a ocorrência frequente de problemas de compatibilidade ocasionadas pelas atualizações.

Como o app híbrido possui atributos de aplicativo nativo e web, é necessário passar pela burocracia das lojas de aplicativo para que seja publicado e opere de maneira semelhante aos aplicativos nativos.

Normalmente, os híbridos são populares por permitirem uma produção em várias plataformas utilizando a linguagem HTML para os diversos sistemas operacionais, além de ferramentas que possibilitam a redução dos custos de desenvolvimento.

 

Qual o melhor?

Não existe uma categoria que possa ser descrita como “a vencedora”. A melhor maneira de escolher o formato ideal para o aplicativo que sua empresa quer desenvolver, é definir os objetivos.

Em relação aos custos de desenvolvimento, tanto aplicativos híbridos como os WEB podem ser desenvolvidos com valores mais competitivos quando comparados aos aplicativos nativos.

Uma dica a ser levada em consideração ao escolher o melhor tipo de aplicativo para sua empresa é ficar de olho nas tendências do mercado digital. Portanto, converse com a equipe desenvolvedora, exponha seus objetivos e ouça os conselhos de quem conhece o mercado.