Você sabe o que é Machine Learning?

machine learning

O Machine Learning é uma subcategoria de inteligência artificial que permite que máquinas se adaptem de forma independente a novos cenários através da automatização do processo de construção de modelos analíticos. Em Machine Learning, o aprendizado é o objetivo principal.

Existem várias vantagens com o uso do machine learning, ele possibilita o processamento de um grande volume de dados em uma velocidade incomparável, é utilizado na maioria dos dispositivos inteligentes usados no dia a dia sejam eles dispositivos de monitoramento de saúde, carros autônomos e afeta o conteúdo que consumimos em redes sociais e nas propagandas que chegam até nós pela internet, criando experiências personalizadas que de acordo com o interesse do usuário.

 

Como funciona o machine learning

O Machine learning usa algoritmos e outros métodos para alcançar os objetivos do sistema, eles permitem que este seja um sistema inteligente com a capacidade de aprender. Os dois principais modos de aprendizagem dos algoritmos são a modalidade supervisionada e a não supervisionada. 

Na modalidade supervisionada a aprendizagem se dá quando são oferecidos ao algoritmos dados que que contêm uma resposta correta, há uma relação entre dados de Input ou seja entrada e dados de Output que são os de saída. Assim o sistema é treinado pela relação das informações de entrada e saída.

Por exemplo, se um sistema precisa identificar clientes com perfis fraudulentos, o histórico de dados do cliente são dados ao sistema assim como os critérios que o categorizam como positivo ou negativo, o sistema então se utiliza dos dados e parâmetros para fazer a classificação.  

Já na modalidade não supervisionada não existem rótulos para as informações recebidas assim a máquina usa padrões encontrados nos dados para apresentar resultados. Sendo assim, em uma grande quantidade de documentos o sistema vai agrupar de acordo com diferentes variáveis que encontra como padrão, pode ser o número de páginas do arquivo, assunto ou frequência de termos. 

 

Algumas áreas em que o machine learning é aplicado  

 

Bots 

Chatbots são recursos muito úteis para solucionar dúvidas ou problemas de forma rápida e completamente automatizada. Esses agentes automatizados processam a linguagem natural e os dados de atendimento ao cliente com o uso de machine learning.

Assim, eles conseguem atender o consumidor nas situações mais comuns e ainda melhorar a qualidade das respostas ao longo do tempo.

 

Recomendações de conteúdo

Quem usa serviços de streaming ou apps de música sempre recebe recomendações do que assistir na próxima vez ou que músicas combinam com uma playlist que está montando. Essas recomendações parecem sempre se encaixar perfeitamente no que você procura, isto é porque as empresas coletam diariamente milhões de dados de seus clientes para melhorar a experiência e as recomendações de conteúdo. 

 

Pesquisas

Google, Microsoft Bing e outros mecanismos de busca fazem uso de machine learning para melhorar suas capacidades minuto a minuto. Eles também podem analisar dados sobre quais links usuários clicam em resposta a consultas para melhorar seus resultados. O machine learning também pode aprimorar o processamento de linguagem natural e fornecer respostas específicas para algumas questões. Por isso fica cada vez mais fácil encontrar resultados para perguntas mais extensas.

 

Filtragem de SPAM 

Filtros de spam precisam aprender continuamente com uma variedade de sinais, como as palavras na mensagem, de onde é enviado, quem o enviou etc. e aí entra o machine learning. 

Além disso, as ferramentas antispam ainda personalizam seus resultados com base na própria definição do usuário do que constitui um spam. Talvez um e-mail de ofertas diárias que você considera spam seja bem-vindo nas caixas de entrada de outros.

 

O potencial do machine learning e seu uso em empresas é enorme e ainda pode crescer muito com a popularização do uso de dados para soluções de gerenciamento e produtividade. 

Gostou do conteúdo? Leia mais artigos como esse no blog Uppersoft.